10.7.07

Plano fixo



Quando Manoel já não puder filmar, a câmara filmará por ele.


(Foto de Heidi Slimane)

2 comentários:

Alexandre disse...

you naughty boy. Mais respeito pelos anciãos sábios ó catraio!

João disse...

"Se o móbil é a beleza e a sua permanência titular, o tom dominante é o do prazer obscuro de a procurar nas formas fílmicas, nos medidos planos fixos ou no magnífico pequeno "travelling" sobre a estátua de Joana d''Arc. Porque as personagens, perdidas num tempo, sem tempo, são também belíssimas peças de uma estatuária intemporal (...)." Mário Jorge Torres dixit, Público, 06.07.07. Ocorreu-me ilustrar estas ruminações sábias. À sua maneira, é uma pequena homenagem.

Arquivo do blogue