10.1.08

Uno, dos, tres



Da nossa festa guardo esta recordação frugal mas apetitosa. O pudim estava bom e a bem dizer devia ser sempre assim. Coisa pouca mas autêntica. Devíamos repetir a dose e passar umas noites a fazer "bluff" à volta de gelatina verde, um copo de vinho tinto e chocolate preto. Fez-me muito bem. E já agora, verde é a cor das... sessões espíritas (wink wink)?...

8 comentários:

rita disse...

a redecoração do estaminé correu bem. está bonito!
***

João disse...

Hein?...

rita disse...

o blogue, ju, o blogue!

Mono disse...

Vê lá se estabilizas isto de vez. Está um bocadinho esquizofrénico :)

João disse...

Pois. Já encontrei o equilíbrio. Questão de tomar os comprimidos certos. Bom ano para ti, caro HR.

M. disse...

Está lindo, João;)... tu és a maçãzita vermelha?

João disse...

Gracias, amiga mia. Não, eu sou a maçã pôdre que não aparece na imagem. ;)

M disse...

Não inventes, salmonete, não inventes... É melhor ser uma maçã vermelha do que uma maçã verde!

Arquivo do blogue