9.4.07

O canteiro de Rosie



Serão prazeres inocentes, quase etéreos, por vezes, mas as canções de Rosie Thomas transportam mais emoção na sua eloquente simplicidade do que alguns estertores barrocos de trovadores contemporâneos (como Rufus Wainwright, por exemplo). Muitos a ultrapassarão em talento e, certamente, em intensidade. Não importa. A música de Rosie Thomas tem a mestria de evocar nas almas melancólicas apenas o essencial: de palavra, de melodia e de sentimento. O mais recente álbum, These Friends of Mine está aí e é tão bonito quanto os anteriores.

1 comentário:

Zito disse...

muito bonito mesmo

Arquivo do blogue